13°C 29°C
Palotina, PR
Publicidade

Manifestantes fecham vias em Salto del Guairá em protesto contra a lei Fome Zero

Os fundos representam cerca de 80% das receitas (entre G. 40.000 e G. 50.000 milhões por ano) dos cofres municipais,

26/02/2024 às 14h31
Por: Redação - ER Fonte: UH
Compartilhe:
Fonte: UH
Fonte: UH

Centenas de manifestantes fecharam rotas em Salto del Guairá, Canindeyú, em protesto contra a possível revogação da lei em compensação pelo desaparecimento dos saltos que ocorre no âmbito do projeto Fome Zero promovido pelo Poder Executivo.

Continua após a publicidade
Anúncio

Desde a madrugada desta segunda-feira, cidadãos autoconvocados de todos os bairros de Canindeyú manifestaram-se em Salto del Guairá, fechando vias em protesto contra o projeto Fome Zero, que segundo os manifestantes, visa despojar os municípios da área de ​recursos.

A mobilização vai contra o referido projeto de Governo que em seu artigo 14, inciso C, prevê a revogação da Lei 5.404 de indenização aos municípios de Canindeyú em reparação ao desaparecimento dos Saltos del Guairá, no âmbito da distribuição de dinheiro da Itaipu Binacional.

Continua após a publicidade
Anúncio

O fechamento da via PY03 pelos manifestantes ocorre no quilômetro 4 da capital departamental, além de outro grupo de pessoas fechar a fronteira na Avenida Itaipú, em frente à cidade brasileira de Guairá.

O prefeito de Salto del Guairá, Héctor Morán e a Câmara Municipal, participam da medida de força junto com membros da Associação de Vendedores (Avertur), taxistas, pescadores e outros moradores.

Os fundos representam cerca de 80% das receitas (entre G. 40.000 e G. 50.000 milhões por ano) dos cofres municipais, razão pela qual o projecto do Executivo se opõe porque perderiam esse dinheiro, segundo Morán em comunicação à Rádio Monumental.1080.

Referências de outros 15 municípios deste departamento também participam em nome de Itaipú e se a lei for revogada não perceberão mais que se destinam à construção de calçadas, escolas e postos de saúde.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Lenium - Criar site de notícias